As mídias digitais em números surpreendentes



Quando o assunto é mídia digital, os números falam por si só, e dizem tudo. A internet é hoje o terceiro veículo de maior alcance no Brasil. Os tempos mudaram, o perfil do consumidor mudou, o comportamento de compra mudou. Agora, antes de comprar, as pessoas pesquisam em motores de busca como o Google, e em sites como Mercado Livre, Ebay e Netshoes. 87% dos internautas utilizam a rede para pesquisar produtos e serviços. 90% das pessoas, antes de tomar a decisão de compra, pedem a opinião de pessoas em quem confiam, enquanto 70% também sentem segurança ao ler, ouvir e assistir opiniões expressas online.

Grandes empresas acordaram para as gigantescas mudanças geradas pela internet há algum tempo. Muitas adequaram suas estratégias e têm conquistado sucesso utilizando a tecnologia, a internet, as mídias sociais, os computadores e os aparelhos móveis como poderosas ferramentas, geradoras de resultados concretos e, melhor ainda, totalmente mensuráveis. Os Estados Unidos possuem um número interessante neste sentido: lá o streaming é responsável por mais de 1/3 do tráfego online.

Veja a seguir números impressionantes do tráfego digital nos últimos tempos e tire suas próprias conclusões.
  • Em pesquisa realizada pelo Ibope Media em outubro de 2013, o Brasil possuía nesta data 105 milhões de internautas, sendo o 5º país mais conectado do planeta.
  • Segundo levantamento realizado pela Fecomércio-RJ/Ipsos, de 2007 a 2011, o número de brasileiros conectados à internet aumentou de 27% para 48%. 87% dos internautas brasileiros entram na internet pelo menos uma vez por semana, enquanto 57,2 milhões de usuários acessam regularmente.



O Facebook, com apenas 14 anos, lidera o ranking de mídias sociais no Brasil e no mundo, com:
  • mais de 2 bilhões de usuários ativos 
  • mais de 100 milhões de usuários no Brasil 
  • 4,5 bilhões de curtidas por dia 

Em 2014, o Facebook já era considerado a 22ª maior empresa do planeta e, por enquanto, a rede preferida dos internautas. A cada 20 minutos são enviados na plataforma social do Facebook:
  • 1 milhão de links
  • 2 milhões de pedidos de amizade
  • 3 milhões de mensagens



Na internet, por minuto:
  • 34.000 tweets são publicados
  • 72 horas de vídeo são adicionadas ao Youtube
  • Mais de 3.000 fotos são adicionadas ao Flickr
  • 570 novos websites são criados
  • 600 posts de blog são publicados
E ainda:
  • 1 a cada 20 pessoas checa seu email mais de 20 vezes ao dia.
  • Livros são a coisa mais comprada pela internet, correspondendo a 44% das compras online.
  • Mais de 1,4 bilhões de pessoas passam 22% de seu tempo online em plataformas sociais.
  • Em 2013, 90% das informações digitais do mundo haviam sido criadas nos últimos 3 anos, ou seja, 2010, 2011 e 2012.
  • A projeção para 2014 foi de 9,3 milhões de conexões móveis, devendo ultrapassar 15 milhões após os Jogos Olímpicos. Este número aumentou de 233 mil em 2007 para 7,2 milhões em 2013.
  • Em pesquisas de 2013, a estimativa para 2016 era de que 61% do tráfego online fosse via mobile. Acertaram.



Entre os compradores online:
  • 36% já compraram roupas
  • 32% compraram passagens de avião
  • 27% compraram aparelhos eletrônicos
  • 26% fizeram reservas para viagens

Se você possui um negócio ou empresa, ou se é um profissional liberal ou autônomo, comece já a construir seu perfil digital. Inicie conexões com as pessoas e empresas, e depois siga em frente, regularmente produzindo conteúdo de qualidade e criando relacionamentos. Os ganhos diretos e indiretos, profissionais e financeiros, assim como ampliação da rede de contatos, são inquestionáveis e, o melhor, gratuitos e permanentes. Daqui há 1, 2, 3 anos, seu perfil ainda estará lá, no mesmo lugar, contabilizando seus números de acessos, tráfegos, curtidas, base de amigos, desde o primeiro dia. A cada novo acesso em seus perfis, o algoritmo dos motores de busca valorizam sua relevância, e quanto maior o número de acessos, mais próximo você fica de aparecer na primeira página.




Mais duas estatísticas extremamente importantes:
  • 95% das pesquisas realizadas no Google iniciam e terminam na primeira página de resultados.
  • Ainda na primeira página do Google, de cada 4 cliques em links apresentados, 3 vão para links orgânicos, ou seja, usuários optando pelos resultados que apareceram de maneira gratuita. Isso faz com que apenas 1 a cada 4 cliques seja direcionado para links patrocinados. 

Aparecer de maneira orgânica na primeira página do Google é extremamente valioso. Os esforços de comunicação digital do seu negócio devem sempre levar isso em consideração. Nesse caso, a aplicação de técnicas de SEO (Search Engine Optimization) em suas estratégias de marketing digital, caso você ainda não o tenha feito, é algo bem interessante e apropriado. Os bons resultados obtidos serão inevitáveis.

Fontes:

Postagens mais visitadas deste blog

Qual a diferença entre Publicidade e Propaganda?

O que é Marketing Digital?

5 razões para investir em Inbound Marketing